Mãe de dois: os desafios da segunda gravidez

Por  |  0 Comentários


Texto Sthéfany Alves

Planejada, de surpresa, repentina, esperada… Seja de qual tipo for, o fato é que a segunda gravidez tem sempre aquele gostinho de não ser mais “mãe de primeira viagem”, de ser diferente em alguns aspectos e de usar a experiência que já tem com o primeiro filho. A ansiedade natural da primeira gravidez se transforma em uma apreensão para entender a chegada de mais uma criança na família, os desafios da criação, da educação e de, principalmente, lidar com os possíveis ciúmes do primogênito(a).

Um dos maiores medos da primeira gestação é com relação ao peso. Tem mães que engordam 20, 30 quilos e depois não conseguem reverter. Na segunda gestação, uma alimentação mais regrada e uma maior noção do que comer é o que faz a mãe engordar menos e se sentir melhor. Na segunda gravidez, a mãe já tem uma noção de quando o bebê está mexendo e quando ele não está, quais são os sinais de alerta para ir imediatamente ao médico e, é claro, já sabe dos procedimentos após o nascimento do bebê.

segunda gravidez

Portanto, mamãe de segunda viagem, fique tranquila! Você vai saber naturalmente de todas essas coisas. Quando o bebê mexer, você vai entender que ele estará mexendo e que isso não é uma contração louca. É claro que medo e insegurança sempre vão existir. Essas duas palavras são quase o sobrenome de uma mãe, seja de primeira ou segunda viagem. Mas… não se afobe! Uma segunda gravidez só dirá o quão mais experiente você está ficando, e, agora, com mais uma criança para preencher a casa de amor!

Quando se trata de uma segunda gravidez não planejada, é claro que o caso é mais complicado. No entanto, tente pensar que o seu filho irá gostar de um irmãozinho(a), que ajustes nos gastos serão necessários mas serão válidos, já que se trata de uma nova vida! Filho é a melhor coisa do mundo, mamãe!

Ah, e quanto ao ciúmes do irmão(a), isso é normal! A chegada de um bebê novo representa que seu primeiro filho ou filha não concentrará mais todas as atenções para si. E isso é bom! Aos poucos a criança vai entendendo que é preciso dividir, compartilhar e vai nutrir amor pelo irmão. E isso é a melhor sensação do mundo para os pais!

 Está grávida? Aproveite e veja 11 cuidados na gravidez que você deve ter.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *