Gravidez e Pilates: a combinação perfeita

Por  |  0 Comentários

Antigamente, estar grávida era sinônimo de repouso absoluto. Porém, ao longo do tempo, pesquisas foram feitas e constataram que se exercitar é mais do que necessário em uma gravidez. É essencial! Então confira a combinação perfeita entre gravidez e pilates.

Para falar sobre o assunto, convidamos a fisioterapeuta Bruna Krawczyk, que é formada há oito anos e trabalha com gestantes desde o início da vida profissional. Ela explica que a prática do Pilates na gestação sempre deve ser feita após liberação médica, onde é avaliado como está sua gestação do ponto de vista clinico e depende da opinião de cada médico frente a prática desta atividade durante o período. Fique ligada nas dicas abaixo!

Se você já se exercitava antes da gravidez:

• Pode ser feito desde o início da gestação.

Se não praticava exercícios antes de engravidar:

• Os médicos recomendam que a atividade só seja iniciada no segundo trimestre, após a fixação da placenta.

Após o ganho do bebê, a volta na prática do Pilates depende do tipo de parto feito.

Se o seu parto foi normal:

• O retorno é permitido a partir de 20 dias pós parto.

Se escolheu a cesárea:

• A volta ao exercício ocorre num período de 2 meses, em função da cicatrização.

“É importante lembrar que estes períodos podem variar dependendo do caso; e que a volta ao exercício deve ser feita de forma gradual, já que o exercício intenso, exagerado, pode diminuir a produção de leite.” Acrescenta Bruna, que tem mestrado em Ciências da Reabilitação, no qual escreveu sobre Pilates e postura.

gravida-fazendo-pilates

Contraindicações

O Pilates possui inúmeros benefícos como fortalecimento e alongamento, e ser um método de exercícios de baixo impacto, ou seja, não provoca sobrecarga nas articulações das gestantes, que já recebem uma carga extra devido ao aumento de peso corporal. Porém, existem contraindicações dos médicos para a prática. Confira quais são elas:

• Anemia grave
• Doenças crônicas mal controladas
• Obesidade mórbida
• Magreza extrema
• Crescimento intra uterino restrito
• Gestação múltipla com risco de prematuridade
• Sangramento nos 2° e 3° trimestres
• Trabalho de parto prematuro
• Hipertensão induzida pela gravidez.

pratica-de-pilates-na-gravidez

Como são as aulas

As aulas são individuais e têm duração de uma hora. São planejadas a partir da avaliação inicial que foi feita da gestante, sempre levando em conta o nível de atividade física, histórico de dor e seus objetivos.

“É importante lembrar que todos os exercícios são associados a respiração controlada; e que a posição de barriga para cima após o segundo trimestre, por longos períodos, deve ser evitada, pois o peso do útero e do bebê podem comprimir a veia cava, provocando hipotensão.” Explica Bruna.

Para quem ainda não acredita que praticar exercícios durante a gravidez é super importante, é necessário se conscientizar que a gestante que pratica exercício desenvolve maior consciência corporal, força e resistência muscular, além de ser mais alongada. Todos estes fatores auxiliam no trabalho de parto e na recuperação da mãe após ganhar o bebê. Principalmente no parto normal, com os músculos do centro do corpo fortalecidos, e a respiração controlada, o parto é facilitado.

“Além disso, trabalha o “core”, ou centro de força, que compreende a musculatura abdominal, tanto externa quanto profunda, e o assoalho pélvico, o que garante o fortalecimento desta região. O trabalho desta musculatura previne a incontinêcia urinária, já que trabalha o fortalecimento do períneo; previne a diastase abdominal (ruptura da musculatura), previne o aparecimento de dor lombar, que tem alta prevalência no periodo gestacional, e auxilia no trabalho de parto, por fortalecer a musculatura do centro e trabalhar a respiração controlada.” Completa a experiente fisioterapeuta.

Por isso, nada de ficar sedentária durante a gravidez! Praticar exercícios, além de tudo, melhora autoestima das grávidas. Para quem se interessar, a Bruna atende pelo contato (21) 97177- 3504 e pelo Green Studio Pilates (21) 3041-0938. Let’s go!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *