Festa Circo: Luiza – 1 ano

Por  |  0 Comentários

Data 22 de novembro de 2015 Local Maison Infantil, Niterói

Uma festa Circo feita para uma menina que acaba de completar um ano. Uma decoração delicada como a primeira primavera pede.

Ao reviver aquele dia através das lembranças, Renata Ferraz tem a certeza de que tudo valeu a pena. Todos os obstáculos, preocupações e pressões enfrentados durante os preparativos da primeira celebração da vida da filha Luiza Ferraz. O sorrisão da pequena não parava de ecoar pelas memórias afetivas da mãe.

Delicada como a ocasião pediu. Renata pensou e botou todo o seu sonho nas mãos da amiga Livia Pais, decoradora da empresa Lilly Xiq. A ornamentação explorou o rosa e os personagens da festa Circo. Teve de cerâmica e de pano, cada um posicionado para receber ou interagir com os convidados de alguma forma.

Até os centros de mesa, elaborados pela mãe da Luiza, foram pensados nas atrações que acontecem debaixo da lona. Uma cartola foi recheada de doces e continha um coelhinho, como no passe de mágica.

Toda a expectativa colocada durante os preparativos se diluiu em alegria ao ver a animação da aniversariante do começo ao fim da comemoração.

festa-circo-espaco festa-circo-lembrancinhas festa-circo-mesa festa-circo-bolo festa-circo-aniversariante festa-circo-brinquedos festa-circo-brincadeira festa-circo-pais-amigos



DICA CRIATIVA

 Personalizado – Envolva o nome da aniversariante no tema escolhido. A papelaria, o painel de fundo e até o bolo podem ter a “marca” da festa.

festa-circo-personalizado

tema Circo • local, dj, bufê, bolo, doces, recreação e iluminação Maison Infantil • fotos e filmagem Clean Studio • convite Sabrina Neublum • organização Maison Infantil e Lilly Xiq • decoração e lembrancinhas Lilly Xiq

Conhece o nosso Guia de Fornecedores? Veja quem são os profissionais mais indicados pela Inesquecível Festa Infantil e acerte na escolha!

avatar

Apaixonada por crianças e por jornalismo, segue se inspirando no universo lúdico infantil e fazendo de tudo pelos sobrinhos enquanto os seus 30 e poucos não chegam com a vinda da cegonha.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *