Batizado: Lucas

Por  |  0 Comentários

Data 20 de março de 2016 Local Santuário Cristo Redentor

“Abençoado por Deus e bonito por natureza”. O trecho de Jorge Bem Jor foi feito para o Rio de Janeiro, mas, do alto de uma das sete maravilhas do mundo moderno, começo a imaginar que foi feito pensando na pureza das crianças.

O céu azul iluminava os passos do pequeno Lucas Saboia, a caminho para uma das missas mais importantes que vai presenciar ao longo da vida. Com oito meses e meio, ele foi erguido aos braços abertos do Cristo Redentor e, com a sua bênção, se reuniu aos recém-nomeados padrinhos, a jornalista Mariana Gross e Pedro Britto, para festejar. A madrinha de consagração Daniela Duvivier também se juntou à família Saboia para essa celebração.

O irmão mais velho, Felipe Saboia, ficou em êxtase com a comemoração. No colo dos pais, dentro do Santuário Cristo Redentor, apareceu sempre sorrindo e prestando atenção em cada reação do irmãozinho, que estava no altar com o padre Omar Raposo.

A celebração foi feita em casa, apenas com familiares e amigos mais íntimos, após o batizado. O almoço aproximou adultos e crianças do Lucas. Ainda na van, contratada pelos pais Antonia Leite Barbosa e Joaquim Saboia, uns snacks foram oferecidos até todos chegarem à recepção.

Terminando a reunião religiosa, bem-nascidos e garrafas de vidro com água benta foram entregues como recordação desse dia cheio de bênçãos.

batizado-bencao batizado-agua-benta batizado-pais-irmao batizado-padrinhos



batizado-padre-omar-prado batizado-lucas batizado-pai batizado-familiares

local Santuário Cristo Redentor • fotos Monik Moreth filmagem Trevo Filmes • bem-nascidos Marta Proto • bufê 2 Party & Eat  • roupa do bebê Bonita e Tip Top Joey • lembranças Agnus Dei

Conhece o nosso Guia de Fornecedores? Veja quem são os profissionais mais indicados pela Inesquecível Festa Infantil e acerte na escolha!

avatar

Apaixonada por crianças e por jornalismo, segue se inspirando no universo lúdico infantil e fazendo de tudo pelos sobrinhos enquanto os seus 30 e poucos não chegam com a vinda da cegonha.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *